Balsas, clique para mais informações:
Pariquera - Açu - Quinta-Feira, 06 de Junho de 2019 - Hora:10:09

Campina do Encantado

No município de Pariquera-Açu, o “fogo que sai do chão” é um dos atrativos mais conhecidos da cidade

 

A Unidade de Conservação Parque Estadual Campina do Encantado foi criada em 1994, e conta com 3200 hectares de área que integram a planície conhecida como Campina do Encantado.

 

O local tem esse nome devido ao solo rico em substratos orgânicos mal decompostos, que concentram gás metano e geram uma chama que sai do chão, podendo chegar a 80 centímetros de altura. A fauna no local é bastante diversa, sendo possível, inclusive, visualizar espécies ameaçadas de extinção, como o Papagaio-da-cara-roxa.

 

Parque localizado a 14 km do centro da cidade, possui um dos atrativos mais conhecidos do município: O “fogo que sai do chão”, que pode ser acessado por uma das várias trilhas do parque. Estas trilhas possuem diversos níveis de dificuldade.

 

Além da natureza, o núcleo da Campina do Encantado possui uma infraestrutura ampla para a recepção de visitantes, contendo área destinada para estudos.

 

 

 

Historia:

 

O Parque Estadual Campina do Encantado está localizado no estado de São Paulo, na região conhecida como Vale do Ribeira. Foi criado pelo decreto 8 873, de 16 de agosto de 1994, com o nome de Parque Estadual de Pariquera Abaixo. Após consulta pública junto às escolas e comunidades locais, em 26 de maio de 1999, recebeu o nome atual.

 

Características:

 

No parque estão identificados os seguintes ecossistemas: Floresta Alta do Litoral, Floresta Inundada, Campo de Várzea e Restinga, abrangendo áreas sujeitas a inundações periódicas.

 

Com fauna bastante diversificada a área abriga espécies ameaçadas de extinção como o papagaio-da-cara-roxa (Amazona brasiliensis), e outros pássaros como o guaxe (Cacicus haemorrhous), araponga (Procnias nudicollis), e macuco (Tinamus solitarius).

 

Os principais pontos de interesse do parque são a turfeira rica em gás metano, proveniente de acúmulo de matéria orgânica e sítios arqueológicos conhecidos como Sambaquis.

 


 

 

Papagaio-de-cara-roxa

(Amazona brasiliensis)

originalmente encontrado

nos estados de São Paulo

ao Rio Grande do Sul,

e atualmente restrito ao

sudeste do litoral paulista

e paranaense. 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

Localicação:

 

 

Enquetes
Você é a favor da Reforma da Previdência
Colunistas
Fale conosco
Cananéia - SP - Brasil
Contato comercial: Herikson Almeida
Telefone 11 9.9674-9857
Email: contato@gazetadovale.com.br
Formulário de Contato
Copyright © 2019. Portal de Notícias Gazeta do Vale.
Todos os Direitos Reservados
Programador PHP